Crise no Casamento: Como Enfrentar e Superar?

//Crise no Casamento: Como Enfrentar e Superar?

Crise no Casamento: Como Enfrentar e Superar?

2018-10-05T17:37:09+00:00By |Relacionamentos|0 Comentários

Como Enfrentar Crise no Casamento e Transformar Seu Relacionamento?

O termo Como Salvar Meu Casamento e Como Enfrentar Crise no Casamento tem mais de 10 000 buscas no google todos os meses, Isso com toda a certeza significa que muitos relacionamentos precisam ser transformados antes que aconteça uma separação, e com certeza você chegou nesse post para saber a mesma coisa. Então aproveite o conteúdo desse artigo que vai fazer com que você tenha nova percepção sobre a vida de casal.

Por Que os Casais Brigam Tanto?

Existem muitos motivos que podem levar as brigas. Hoje em dia com a grande demanda de informações e compromissos que as pessoas têm a dinâmica do casal pode acabar sendo influenciada. As prioridades de cada um podem mudar e acabar gerando descontentamento em algum momento. Mudanças nos valores, o estresse, enfim há uma infinidade de causas para brigas no casal. Existem vários motivos que podem levar à brigas ou ao termino de um relacionamento: mudança de prioridades, falta de comunicação, pouco companheirismo, não compartilhamento dos problemas, e pouca afetividade na relação.

Problemas Emocionais

Se o problema é de ordem emocional, relacionado à família do outro, relação com a sogra, ex-marido ou ex-mulher e filhos de um outro relacionamento, o cuidado deve ser redobrado. Procure não dizer nada do que possa se arrepender mais tarde e, para isso, pense antes de falar. Reflita: Quais são seus argumentos? Eles são lógicos ou estão baseados em mágoas? O que você tem a dizer pode ser dito de uma maneira que não magoe o outro? Nunca tenha essa conversa num momento em que esteja com raiva ou irritado. Mas também certifique-se de que não ficará com nada importante “entalado” na garganta. Você tem que descobrir uma maneira de falar ao parceiro tudo aquilo que é fundamental para você.

Crise no Casamento

Veja os passos fundamentais para vencer a Crise no Casamento

Aceite Que há Uma Crise

Para poder enfrentar os problemas, primeiro é preciso ter consciência de sua existência e aceitar que eles estão acontecendo. É frequente encontrar casais que preferem fingir que não há nada de errado ou dizer que o cônjuge está exagerando, fazendo “tempestade em copo d’água”, ao falar em crise. Isso acontece por temor de aceitar a realidade, porque não querem sair de sua zona de conforto ou porque simplesmente acham que o tempo irá solucionar o problema.

Não Faça Queda de Braço

Quando os parceiros se enxergam como “rivais” no relacionamento há uma grande chance da crise aparecer e nunca mais terminar, levando assim, para um divórcio. Querer vencer o outro com argumentos e justificativas não é a melhor opção. Ceder é a palavra de ordem para resgatar  a intimidade e admiração  pelo parceiro. Amar significa ceder em muitos momentos.

Não Seja Mãe/Pai do Seu Parceiro(a)

Muito comum de acontecer quando duas pessoas se justam é cuidar do outro de maneira excessiva, muito parecido com a mãe/pai, esse é um dos maiores erros, isso porque a nossa função é de parceria e companheirismo, já o relacionamento de mãe/pai foge do ideal no casamento. Aprender que seu papel é de Marido/Mulher faz toda diferença na saúde emocional na vida a dois.

O Poder do Perdão

Todo mundo erra. Isso você já cansou de saber. Se o parceiro fez algo que você não gostou, mais do que comentar com ele (a) sobre isso, saiba perdoar. De nada vai adiantar vocês conversarem sobre o assunto se cada vez que vocês brigarem esse pequeno deslize for trazido à tona na discussão.

Mais do que resolver o problema é preciso entender que todos têm o direito de errar. E para continuar o relacionamento de forma saudável você precisará aprender a perdoar.

Crise no Casamento

Não Arraste Seu Parceiro Para Baixo

Estar disposto(a) a valorizar o que outro tem de bom é mais que suficiente para deixar o relacionamento sadio. Se você não aprendeu fazer isso, comece a experimentar o poder de “levantar” a estima do sei parceiro. Deixar o outro mais animado deixa a vida mais leve.

Lembre o Que te Fez se Apaixonar Por ele

Quando casamento vai mal, chega uma hora que um não consegue mais enxergar as qualidades do outro. Muito pelo contrário, a convivência revelou tantos defeitos que você pode até se perguntar: “Como eu pude me apaixonar por ele?”. Mas você se apaixonou um dia, não foi? Tente lembrar de todas as qualidades que encontrou nele e liste-as num papel. Depois, tenho certeza que descobrirá que elas podem até superar os defeitos.

O diálogo é a maneira mais inteligente de sanar qualquer tipo de situação. Às vezes uma simples conversa pode mudar tudo!

Às vezes ficamos nos mantendo em posição de resistência e não nos permitimos nem falar o que eventualmente esteja nos incomodando e nem mesmo ouvir o que o outro tem a dizer.

É importante que vocês dois se disponham a conversas, expor tudo o que incomoda o que gostariam que um melhorasse no outro e quais são suas expectativas – e o dialogo não consiste apenas na solução de problemas: elogios, falar que gosta, e deixar claro o quanto aquela pessoa possui valor é uma ótima maneira de manter um relacionamento feliz.

Aceite as Diferenças

Os primeiros anos de casamentos são, relativamente, felizes. Mas, com o tempo, as divergências em relação a fatos e conflitos começam a aparecer. O ideal é tornar estas discussões construtivas e não levar a discórdia a uma briga sem fim. Aceitar as diferenças é uma verdadeira prova de amor que fará com que vocês vivam bem. Eu costumo dizer que casamento saudável é aquele feito em acordos sobre o que gosta e não. Então, aceitar essas diferenças é fundamental para o crescimento.

Cuide de Sua Autoestima

A baixa autoestima faz muito mal no relacionamento, isso porque ela afeta diretamente o seu bem estar e disposição para as coisas que gosta. Acontece de maneira muito comum nos relacionamentos que um dos parceiros deixar de se cuidar e, com isso acabam por ter autoestima baixa. Os sintomas mais comuns são: hábito de se comparar com os outros e inveja, busca o tempo todo por reconhecimento, preocupação excessiva com a opinião das pessoas, isolamento, vitimismo, entre outros.

Se você enfrenta problemas com sua estima, a terapia individual vai te ajudar a conseguir se enxergar de maneira mais clara, buscando assim alternativas para mudar sua percepção de vida te mostrando as várias possibilidades de felicidade, assim restaurando seu relacionamento.

Comemore o sucesso dele/a e  compartilhe os momentos difíceis

Se a ideia de comemorar as conquistas dele/dela parece estranha para você, pare para pensar no quê você quer do casamento. Casais felizes têm um ponto em comum: a felicidade de um deixa o outro naturalmente feliz, e a tristeza de um é compartilhada pelo outro também. Se você não consegue ficar feliz pelo seu marido/pela sua esposa, é porque algo já está muito errado no relacionamento de vocês.

Clique aqui!

Compre/faça um Presente Simples

Outra prática bem difundida, mas talvez de uma maneira um pouco distorcida, é presentear. O objetivo essencial de presentear é o tempo que gastamos refletindo sobre a pessoa que vai ganhar o presente. Por isso, presentes irrefletidos, como dar dinheiro ou comprar algo caro, não têm o mesmo valor emocional que presentes simples customizados ou feitos pela pessoa que presenteia.

Uma carta, um origami, uma colagem, um álbum de fotos, uma planta, um animal de estimação, uma música, uma poesia, uma pintura, uma experiência que façam juntos. Todos esses são exemplos de presente simples e customizados que tocam o coração da maioria dos seres humanos.

O Poder da Confiança

Ainda que existam mágoas, irritações e discussões irrelevantes, sempre existirá uma pequena chama de confiança que pode resgatar o relacionamento. Fazer com que essa chama continue acessa é que se torna um desafio para a maioria dos casais.

Caso exista, por exemplo, uma infidelidade por parte de alguém, este deve iniciar um processo de reconstrução da confiança de forma lenta, com pequenos passos:

  • Recordar uma tarefa diária;
  • Confiar uma atividade prática da casa para o outro;
  • ter momentos juntos fazendo algo que seja de interesse mútuo ao casal;
  • confiar segredos
  • agir de forma paciente;

O tempo sempre será um aliado nesses casos, até porque não tem como aguardar por um relacionamento recuperado de um dia para a noite. É preciso muita calma, compreensão, tranquilidade e paciência.

Peça Ajuda Profissional

Como Enfrentar a Crise no Casamento

 

Por outro lado, se você acha impossível resolver a crise no casamento entre vocês e que as brigas estão o levando ao ponto da separação, a única forma de salvar seu relacionamento é procurar ajuda profissional. Diferente dos amigos e familiares, apenas um conselheiro ou terapeuta pode trazer uma perspectiva objetiva aos problemas que afetam seu casamento. Mais do que isso, um profissional pode ajudar a ambos se comunicarem entre si e encontrarem o caminho de volta a um relacionamento que os complete.

Sobre o Autor:

Débora Martins
Sou Débora Martins - Psicanalista CBO 2515-50, Terapeuta Sexual/Casal e Coaching, meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais, usando de técnicas do Pompoarismo, Hipnoterapia e Tratamentos da Ansiedade.

Deixar Um Comentário

Confira Meu Curso de Pompoarismo!

Kit Completo Para Pompoar
Saiba tudo sobre a ginástica íntima feminina que pode transformar sua auto estima e vida sexual.
CLIQUE AQUI PARA ADQUIRIR!
POMPOARISMO, O  PODER DA GINÁSTICA ÍNTIMA
close-link
Click Me