Como Resgatar A Sexualidade No Casamento

/, Sexo/Como Resgatar A Sexualidade No Casamento

Como Resgatar A Sexualidade No Casamento

2018-07-01T14:16:55+00:00By |Relacionamentos, Sexo|0 Comentários

Saber Como Resgatar a Sexualidade no Casamento é a Melhor Ferramenta Para Sair de Uma Crise

A falta de intimidade no casamento é comum para muitos, e a pergunta que não quer calar é Como resgatar a sexualidade no casamento em uma situação que já praticamente fugiu do controle, e principalmente em relacionamentos que já estão vivendo uma crise?

Mesmo sendo uma situação muito comum, ela pode ser transformada, para isso, basta que o casal se dedique para que o romantismo volte a reinar. É preciso uma dedicação dos dois para que a rotina do casal se torne mais prazerosa e mais excitante.

Para que você alcance seu objetivos quanto ao romantismo no seu casamento, eu separei algumas dicas que se praticadas todos os dias, seu relacionamento tem grande chance de reviver e a vida sexual ser transformada.

Vejamos o passo a passo de Como Resgatar a Sexualidade no Casamento

1 – Dê o Primeiro Passo

Quando a situação já passou dos limites, aquele período onde o sexo acontece pouco ou quase nada, é muito comum esperar que o outro mude. Não espere a mudança acontecer sozinha, dê o primeiro passo. Converse com seu parceiro(a) para saber  o que realmente está acontecendo. Calma e respeitosamente explique como você se sente, e ofereça ideias sobre como resolver a falta de sexo em seu casamento. Deixe claro ao seu cônjuge que ele ou ela não é a razão de você não querer ter relações sexuais. Dê passos para uma melhora de sua vida sexual.

2 – Valorize os Momentos a Dois

Lembra das coisas que foram ditas e feitas quando vocês se conheceram? Talvez fossem caminhadas românticas, de mãos dadas, sussurrando coisas carinhosas um para o outro, passando a mão no cabelo do outro ou se beijando ao pôr do sol. Depois de recordar aqueles momentos especiais, tente reencenar aqueles momentos de novo e continue a partir daí. Mostre para seu parceiro(a) que ainda O ama. Deixe claro seu amor demonstrando com carinho, atitudes e palavras. O amor precisa ser cultivado. Leia nosso artigo sobre crises no casamento e veja algumas dicas.

3 – Não Perca o Controle

Bem comum em situações de estresse, a perda de controle no relacionamento acaba sempre em divórcio. O fato é que procure em primeiro momento se entender em casa, buscando as soluções para o problema de falta de sexo, se isso não resolver é hora de procurar ajuda de um profissional.

Para conhecer os meus serviços para a Terapia de Casal, clique no banner abaixo.

Terapia de Casal

Muitos homens e mulheres deixam seus relacionamentos por não conseguirem resolver os problemas, e um grande número de reclamações é sobre a falta de sexo. Há casamentos inclusive que terminam com os dois se amando, mas pelo fato de não conseguirem resolver o problema sozinhos,  acabam em decidir pela separação. Por isso a ajuda de uma pessoa imparcial pode mudar a situação e resolver o problema.

4 – Avalie Seu Relacionamento

Eu costumo orientar meus pacientes a avaliar seus relacionamentos. Essa avaliação deve ser feita com base no que realmente vale a pena ou não na vida a dois. Geralmente os benefícios são bem maiores. As qualidades do parceiro(a) muitas vezes estão na frente e salta e disparada. Sendo assim a falta de sexo e intimidade do casal consegue ser tratada de maneira rápida e simples. O maior problema é que os casais não conseguem ver uma solução. Olhar de fora e avaliar tudo sempre é o melhor caminho.

5 – Não Procure Atalhos

Procurar atalhos pode parecer uma boa escolha para o momento difícil que o casal esteja vivendo, mas elas podem agravar ainda mais a situação e tornando praticamente impossível a solução do problema de falta de sexualidade no casamento.

6 – Sinta-se Bem e Sexy

Não é porque você está em um relacionamento de mais tempo que precisa parar de se cuidar. No início do namoro, tenho certeza que você não usava calcinha bege, muito menos andava pela casa com aquele moletom largo. Não é só por causa do parceiro, mas para sentir-se sexy e confiante. Isso aumenta a autoestima e ajuda  a relação. A dica que eu tenho como terapeuta de casal e sexual é o Curso de Pompoarismo, pois ele proporciona muito mais prazer para as mulheres, melhorando o desejo sexual, inclusive fazendo com que mulheres que nunca alcançaram o orgasmo, possa atingi-lo.

Eu recebo relado diários de alunas que transformaram a sexualidade no casamento depois que começaram com a prática da Ginástica íntima. Aproveite também esse benefício.

7 – Converse Sobre Sexo

Para fortalecer o relacionamento sexual de vocês, é preciso manter uma comunicação sincera e direta. Discutir os problemas sexuais demonstrará que está tentando tornar o sexo uma prioridade no relacionamento, não uma ocorrência ocasional. 

  • É bem possível que um de vocês tenha se distanciado do outro, mas quem foi não importa! Assuma o controle da situação e toque no assunto. Deixe claro que sabe a importância de uma conexão intima dentro de um relacionamento, principalmente dentro de um casamento.

8 – Saia de Situações Que Você Sabe Que Não Funcionam

Algumas atitudes parecem boas, mas podem acabar só atrapalhando. Uma delas é deixar pra lá os problemas. Não esconda a “poeira” embaixo do tapete, isso só piora.

Outra dica é buscar a felicidade de vocês em serem grandes amigos. Sabemos que há alguns períodos que tudo fica mais difícil e não somente a vida sexual e a intimidade, mas, acabar para todo o sempre com esse momento a dois pode enfraquecer a relação, a não ser que seja algo resolvido em comum acordo pelos dois.

9 – Esteja Dispostos a Experimentar

Mesmo casais que estão juntos há tempos conseguem descobrir sempre coisas novas que lhe dão prazer. Esteja aberto e disposto a experimentar novidades com seu par. Aceite bem as novas ideias para a cama. Você não precisa ficar com ciúmes de novas ideias, não deve ficar questionando de onde foi que esta ideia saiu – mesmo que seu parceiro tenha ido pesquisar na internet aquelas novidades, é com você que tudo vai se concretizar. Isso só tem a acrescentar e fazer o casal ser mais unido e confiante um no outro. Mas acima de tudo lembre-se que você precisa se sentir à vontade e não deve sentir-se obrigado a fazer algo contra a sua vontade.

10 – Procurar Por Uma Terapia de Casal

Procurar terapia nos momentos de incertezas, conflitos ou dores emocionais se mostra uma decisão favorável à mudança comportamental e manutenção de bem-estar, pois os limites são ampliados, as crenças limitantes são questionadas, dando lugar a novas possibilidades. Aqui no consultório acompanho muitos casais que em apenas algumas sessões, conseguem ter uma nova percepção quanto seus relacionamentos e, assim transformando seu casamento. Para agendar uma sessão de terapia de casal ou terapia online, clique na imagem abaixo.

11 – Apimente a Relação

Não abra mão de sempre apimentar a relação sexual, seja com fantasias, uso de lingeries, ou acessórios na hora do sexo, use e abuse da imaginação para proporcionar e dar prazer. Visite um Sexshop e adquira produtos que podem apimentar sua relação. Permita-se experimentar novas sensações e estejam sempre abertos a novos caminhos na hora do sexo, assim, previnem a rotina que acaba com qualquer casamento.

12 – Planeje Dois Dias Com Toque Íntimo

Separe dois dias para fazer a atividade, que consiste em um dos parceiros se deitar nu com as costas para cima, enquanto o outro o toca e acaricia com as mãos e lábios. Não é permitido conversar e nem tocar os órgãos genitais. Conecte-se com a cara metade, sinta suas reações, mas toque-a para seu próprio prazer. Reveze o comando. Depois, falem sobre a experiência e do que gostaram ou não.

Onde o Desejo se Esconde

A falta de libido costuma se manifestar por meio de uma conjunção de elementos. Conheça os principais:

Fatores biológicos
• Temperamento.
• Variações hormonais (período pré- -menstrual, gestação, pós-parto, amamentação, climatério e menopausa).
• Doenças que causam letargia, irritabilidade, dor ou falta de lubrificação vaginal (hipo ou hipertireoidismo, enxaqueca, doença reumática e diabetes, entre outras).
• Medicamentos (como pílula e antidepressivo).

Fatores psicológicos
• Depressão.
• Ansiedade.
• Traumas sexuais.
• Stress causado por preocupações financeiras, familiares e profissionais.

Fatores culturais
• Educação repressora.
• Crenças religiosas.

Fatores do relacionamento
• Rotina.
• Ressentimento.
• Incompatibilidade na cama.
• Parceiro com disfunções sexuais.

Os Atalhos (erros) Mais Comuns Que Você Deve Evitar São:

  • Ignorar os problemas. Essa atitude por formar uma verdadeira “bola de neve”
  • Buscar a felicidade conjugal na ideia de se tornarem grandes amigos sem sexo.Definitivamente não vai funcionar por muito tempo.
  • Ter um caso. O “caso” acaba ainda mais com o casamento, tornando difícil uma reconciliação.
  • Apenas adicionar um pouco de variedade ou novidade. Pode resolver por um período, mas não cura e nem trata a intimidade. Faz parte do processo, mas é preciso saber que essa mudança sozinha não faz o efeito desejado.

Com apenas algumas dicas você vai saber como resgatar a sexualidade no casamento, mas como eu disse é preciso que os dois estejam dispostos a tais mudanças.

Sobre o Autor:

Débora Martins
Sou Débora Martins formada em Sexologia Clínica, Terapia de Casais e Coaching, meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais. Professora da arte do pompoarismo para melhora de desempenho sexual na vida das mulheres.

Deixar Um Comentário

Confira Meu Curso de Pompoarismo!

Kit Completo Para Pompoar
Saiba tudo sobre a ginástica íntima feminina que pode transformar sua auto estima e vida sexual.
CLIQUE AQUI PARA ADQUIRIR!
POMPOARISMO, O  PODER DA GINÁSTICA ÍNTIMA
close-link
Click Me