Aguarde um instante....

 

RelacionamentosComo Recomeçar Depois de Romper o Relacionamento - Débora Martins

2 de novembro de 2016by Débora Martins0

Como Posso Recomeçar O Relacionamento Depois de Rompido?

Terminar um relacionamento não é nada fácil. E, saber como recomeçar depois de romper o relacionamento torna-se uma tarefa que no início parece impossível. Depois do fim do relacionamento, há sempre duas opções a seguir, a primeira é se dar uma nova chance e abrir o coração para um novo amor, e a segunda é se fechar para a vida, por pensar que o amor não existe e, que a sua vida foi um fracasso.

Aliás, pensar em fracasso é uma das coisas mais comuns nas pessoas que acabaram de se divorciar. Isso acontece porque as pessoas pensam que só é feliz quem nunca se separa, ou porque acha que não foi capaz de manter ou cuidar da sua casa e relacionamento.

Fracasso. Porque é comum pensar nele?

Eu sempre converso com meus pacientes e explico que, pelo fato de ter um divórcio na vida, não o faz um fracassado. O relacionamento é feito por DUAS pessoas, e exatamente por isso, sempre as duas tem sua porcentagem no decorrer, seja pela felicidade, conquista ou até mesmo o divórcio. Todo casal precisa saber que para ter sucesso, é preciso andar juntos, nunca colocar a culpa no outro, assim como não pegar toda a culpa para si.

Sentir-se fracassado porque o casamento acabou, é achar que é o único culpado. Isso não e verdade.

Terapia Para Recomeçar RelacionamentoSe esse é seu pensamento, quero lhe dizer que pare agora! Vença o momento, prepare-se para ser melhor, sem culpa. Se você está passando pelo fim de um relacionamento, mas não está conseguindo enfrentar a situação sozinho, clique no banner abaixo e agende uma sessão.

Casados para sempre!

A dificuldade em enfrentar o fim do relacionamento acontece, pois os casais decidem por viver juntos e fazem votos e planos para uma vida inteira, ninguém se casa pensando na data do término, até porque o final nos relacionamentos na maioria das vezes é desgastante para ambos.

Hoje, separei algumas dicas práticas para o dia a dia pra você vencer uma das fases mais difíceis na vida de uma pessoa: o fim do relacionamento.

1 – Aceite o fim:

Como falei no início desse artigo, aceitar o fim. Uma  das coisas mais difíceis de saber é que não haverá mais o “outro”, mas haverá mais a pessoa onde você deita junto, conversa e dá risada, mas  aceitar e seguir, significa que você entende que o melhor está no futuro e não viva mais no passado de seu relacionamento.

2 – Não se culpe:

É muito comum ouvir dos casais que estão se separando a seguinte frase: “a culpa foi minha”. Todo relacionamento é feito por duas pessoas, por isso os dois tem parcela de culpa, não fique se cobrando por falhas e erros, pois eles com certeza não são seus.

3 – Aproveite as chances que a vida dá:

Quanto terminamos um relacionamento, especialmente os mais longos, é normal a pessoa se fechar para a vida e deixar as coisas acontecerem. Depois de um tempo, a frieza toma conta do coração e você acha que não vai achar mais ninguém. Não se prive, aproveite as chances, sempre!!!

4 – Não se preocupe com o que as pessoas acham ou falam de sua separação:

Mantenha a decisão de ser feliz sempre. Algumas pessoas tem medo de ficar “mal faladas” e de não ser bem compreendidas. lembre-se: você não deve satisfação pra ninguém.!

5- Invista em novas amizades:

Conheça pessoas diferentes, vá a lugares diferentes. Essa é uma das melhores atitudes  com o fim do relacionamento, não se isole, o isolamento te deixa depressivo(a).

6 – Desenvolva habilidades:

O final de um relacionamento nos faz refletir mais sobre como usar melhor nosso tempo, uma excelente opção é fazer o que você gosta e/ou tem aptidão. De repente você descobre uma habilidade que até então desconhecia.

7 – Não tenha medo da solidão:

Com isso você pode acabar se envolvendo com o primeiro que aparece, seja paciente, conheça lentamente sobre o outro, depois faça sua escolha com uma decisão madura.

Apesar do sofrimento, o(a) divorciado(a) precisa reagir, pois bem sabemos que a vida não pode estacionar nos problemas. E, adequar sua vida dentro desse novo estado civil é uma tarefa que ninguém poderá fazer senão a própria pessoa.

8 – Viva todas as fases:

O divórcio lembra muito as fases do luto, isso acontece porque a pessoa está perdendo importante na vida. Por isso é preciso passar por cada fase pós divórcio para que você consiga seguir em frente com as novas conquistas e oportunidades.

  • Fase de negação – Nessa fase, o coração é quem manda mesmo sabendo que tudo acabou, ele insiste em acreditar, se torna difícil admitir o fim, e por muitas vezes você faz de conta que não acabou
  • Fase da raiva – Aqui a raiva se manifesta de várias maneiras, ela por ser do seu ex, raiva do universo, raiva das pessoas. A fase da raiva é como se você estivesse querendo buscar satisfação com todos sobre o motivo de isso ter acontecido com você.
  • Fase da barganha – Sabe aqueles pensamentos do tipo: O que é possível fazer para reatar o relacionamento?”. Assim é a fase da barganha, ou seja, é o momento você está disposto a fazer qualquer coisa para retomar essa relação, para ter de volta aquela vida que tinha antes do mundo desabar.
  • Fase da depressão – Essa fase é aquela em que você não sai de casa, não quer falar com ninguém, não se alimenta direito e deixa de fazer as coisas que gosta. É preciso tomar muito cuidado nessa fase, pois por mais que ela deva ser passageira, é o período onde as pessoas adoecem. Para passar por ela com maior tranquilidade, o ideal é ter a orientação de um terapeuta.
  • Fase da aceitação – Essa é a tão esperada fase, pois nela você consegue se abrir para novas amizades, consegue fazer as pazes com a vida e principalmente, aceita a perda e consegue deixar de lado o passado. É comum achar que essa fase nunca vai passar, mas ela sempre chega.

é muito importante que você enfrente todas as fases, pois só assim você conseguirá se estruturar em um novo relacionamento, e mesmo que um novo amor não aconteça imediatamente, sua vida vai seguir com maior naturalidade.

“As feridas do casamento são curadas pelo divórcio, cujas feridas serão curadas por outro casamento.” Carlos Drummond de Andrade)

by Débora Martins

Sou Débora Martins - Psicanalista, Terapeuta Sexual, Hipnoterapeuta., meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais, usando de técnicas do Pompoarismo, Hipnoterapia e Tratamentos da Ansiedade.

Deixei seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Débora Martins

Sexóloga clínica, psicanalista e Hipnoterapeuta, meu foco é proporcionar o melhor tratamento em terapia sexual e proporcionar uma vida mais prazerosa para meus pacientes. Fique à vontade em meu site!

Cadastre-se!

Redes sociais

Siga-me nas redes sociais e fique por dentro da agenda de cursos e palestras, assim como conteúdos exclusivos para a sua vida sexual.

Debora Martins

Sexóloga clínica, psicanalista e Hipnoterapeuta, meu foco é proporcionar o melhor tratamento em terapia sexual e proporcionar uma vida mais prazerosa para meus pacientes. Fique à vontade em meu site!

Cadastre-se!

Redes Sociais

Siga-me nas redes sociais e fique por dentro da agenda de cursos e palestras, assim como conteúdos exclusivos para a sua vida sexual.

Todos os direitos reservados a  Debora Martins.

Todos os direitos reservados a Debora Martins.