RelacionamentosQuando A Esposa Perde O Interesse Pelo Marido? - Débora Martins

20 de março de 2020by Débora Martins0

Quando A Esposa Perde O Interesse Pelo Marido?

Quando a esposa perde o interesse pelo marido, muitos fatores podem ser levados em conta. Porém, fora os motivos que permitem entender isso, é fundamental saber quais os caminhos a serem adotados para uma resolução.

Afinal, esse não deve ser considerado um problema irreversível. Ou seja, existem maneiras de amenizar as possíveis causas e recuperar um relacionamento feliz e satisfatório para ambos.

Seja em detrimento de anos de união ou até mesmo por conta da chegada dos filhos. De fato, esse é um cenário mais recorrente do que se imagina. Tudo isso pode acarretar momentos de estresse, que até mesmo afetam a vida profissional.

O reflexo? O limite! – É ele que afasta muitos casais e que gera infelicidade, ausência de interesse e, outros fatores.

Mas, quando a esposa perde o interesse pelo marido é fundamental focar nas possíveis soluções. Um dos maiores erros é ficar apenas pensando acerca das causas.

Portanto, se a ideia é contornar esse tipo de questão, nada mais justo do que saber aplicar mudanças. E, são essas mudanças que poderão ajudar a reascender àquela paixão e melhorar a vida sexual, sabia?

Diante disso, no decorrer desse conteúdo você poderá se aprofundar um pouco mais acerca desse assunto! Confira.

Quando a esposa perde o interesse pelo marido é importante perceber como anda a comunicação!

Não é nenhuma novidade que uma boa comunicação nos ajuda em diferentes âmbitos de nossas vidas. E, em um casamento, isso nem poderia ser diferente!

Quando a esposa perde o interesse pelo marido, uma das primeiras manifestações é a falta de comunicação. E, de fato, isso pode levar o problema a dimensões muito mais profundas com o passar do tempo.

Vale salientar que a comunicação, mais precisamente o uso de linguagem, é o que nos diferencia dos demais seres vivos. Nesse caso, quando há a ausência de diálogo, isso pode refletir falta de confiança e perda de interesse.

Por isso, é importante debater, com carinho e atenção, sobre a questão e entender os pontos do outro. Isso ajudará a unir os dois em prol de uma resolução e entender os motivos reais da falta de interesse.

Os obstáculos existem e precisam ser encarados!

Qualquer relação exige esforço. A convivência nunca é algo simples, afinal, somos seres humanos e temos uma ampla lista de defeitos e manias.

Em um primeiro momento, isso acaba sendo enfrentado de maneira simples e natural. Porém, com o passar dos anos pode gerar descontentamento.

E, é justamente aí quando a esposa perde o interesse pelo marido – e vice-versa. Por isso, novamente o tópico anterior se faz totalmente fundamental.

A base de um bom relacionamento é saber quando se posicionar e também quando ceder. Muitos pontos podem gerar conflitos e afastamentos.

Até mesmo a simples escolha de onde passar as férias, por exemplo, ou em que restaurante ir, podem ser um obstáculo. Com isso, o desgaste pode afetar a boa relação e alimentar a falta de interesse.

Se um critica as escolhas do outro no lugar de contribuir com as decisões propostas, a relação já precisa de cuidados.

O grande ponto é que muitos casais ignoram esses fatores, ou seja, não lidam de maneira direta com eles! É importante fazer uma autoanálise sobre como vocês podem caminhar juntos para resolver as diferenças!

E, quando a esposa perde o interesse pelo marido, isso pode ser resultado de uma relação desgastada. O mesmo vale como quando ela sente que sua opinião somente recebe críticas.

Quando a esposa perde o interesse pelo marido, pode ser que falte romance!

Sabe aqueles momentos especiais de assistir um filme a dois ou simplesmente trocar beijos em público? Isso é algo que ajuda a manter a proximidade de um casal.

O grande problema é que, após alguns anos de casamento, tais momentos ficam mais distantes. E, na realidade, isso é algo totalmente recorrente quando pensamos na vida a dois.

Diante disso, quando a esposa perde o interesse pelo marido, a falta de romantismo pode ser um forte gatilho! Vale destacar que um casal saudável tenta manter momentos especiais em sua rotina.

Logicamente que isso não precisa ser todos os dias. Até mesmo porque nossa realidade social não permite isso – e nem seria algo natural, se pararmos para pensar friamente.

Estamos sempre atarefados, com muitas atribulações, problemas e horários curtos. Seja por conta dos filhos, do trabalho, das questões da casa, financeiras, e por aí vai.

Porém, nem tudo deve ser apenas “solucionar problemas”, concorda? Um bom caminho é estabelecer o equilíbrio e saber apreciar momentos juntos e satisfatórios, principalmente para namorar!

O sexo pode ser doloroso para ela. Entenda!

A idade é uma dádiva, sabia? É com ela que podemos agregar mais sabedoria e leveza para lidar com as questões de nossas vidas. Mas, diante de tudo isso, há também problemas que se manifestam com o avanço dos anos.

E, quando a esposa perde o interesse pelo marido, esse pode ser um sinal. Ou seja, pode ser que a relação sexual esteja se tornando um momento desconfortável também.

Um dos motivos mais latentes para esse cenário refere-se ao fato de que o sexo pode ser dolorido e desconfortável para a mulher, que é um transtorno sexual conhecido como Vaginismo/Dispaureunia. Como resultado, a intimidade passa a ser menos frequente.

É importante destacar que tanto homens como mulheres podem sofrer das chamadas flutuações hormonais e físicas. No caso especifico das mulheres, essas flutuações podem afetar diretamente o desejo sexual.

Junto com esse fator, ainda temos outras questões, como se sentir preparada para a atividade sexual, por exemplo. Há ainda mudanças na vagina e até a autoestima.

Em um determinado momento de suas vidas, as mulheres não se sentem tão atraentes ou sexys. Porém, isso afeta drasticamente o seu interesse pelo companheiro.

Diante de tudo isso, quando a esposa perde o interesse pelo marido é importante valorizar a calma! Sempre. O diálogo, o carinho e as limitações físicas precisam de maior dedicação.

A exaustão também pode afastar o casal.

A afirmação de cansaço diante da tentativa de contato físico é algo recorrente. Afinal, depois de um dia atribulado de trabalho, problemas na escola das crianças e questões da casa, isso faz total sentido.

A exaustão na vida de muitas mulheres é uma realidade e isso precisa ser ponderado nos dias atuais. Diante disso, quando a esposa perde o interesse pelo marido é importante entender se isso está acontecendo por esse ponto.

Se uma mulher não consegue ter tempo para si mesma, priorizando momentos de descanso, isso é um forte problema. Todo ser humano precisa saber a hora de relaxar e recarregar suas baterias.

Afinal, isso impacta diretamente na sua sexualidade e o casal precisa analisar essa questão em conjunto. E, novamente, a questão do diálogo pode ser a melhor saída.

Sexo não pode ser rotina na vida no casal.

Com o passar dos anos, a vida sexual pode esfriar! Aliás, isso é algo totalmente esperado. Diante disso, naturalmente o sexo pode se tornar algo totalmente previsível.

Ou seja, mesmo local, hora, posições, entre os aspectos podem afetar drasticamente a qualidade do relacionamento.

Portanto, que tal tornar as coisas mais interessantes e atrativas? Quando a esposa perde o interesse pelo marido, pensar em novas abordagens e até abusar um pouco da criatividade pode muito positivo.

Para tanto, algumas dicas podem inspirar:

  • Que tal mudar um pouco a contextualização das coisas? Uma pequena transformação no quarto do casal, deixando o ambiente mais romântico e sexy pode ser uma alternativa.
  • Pensar em abordagens diferenciadas como o uso de velas aromáticas e até mesmo uma música tranquila. Isso ajuda potencialmente no clima entre o casal.
  • Um pouco de imaginação é sempre bem-vindo! Brincar um com o outro, descontrair e, claro, se divertir!
  • O casal também deve aprender a relaxar e curtir os momentos juntos. É importante que um evidencie ao outro a sua importância dentro do relacionamento e priorizar o momento de intimidade!

Saiba mais sobre a Terapia Sexual Online

Quando a esposa perde o interesse pelo marido, ela pode estar emocionalmente desconectada!

A conexão emocional pode ser a porta de entrada para que haja mais interesse na relação. Aliás, é isso que até mesmo agrega mais brilho dentro da vida sexual.

Diante disso, focar nesse quesito de maneira compartilhada é algo extremamente relevante.

Para as mulheres, de uma maneira geral, a sensação de se sentirem emocionalmente conectadas é importante. Isso permite que haja maior excitação para a relação sexual.

Aliás, isso não é algo exclusivo para as mulheres, sabia? Os homens também dependem dessa conexão no decorrer de suas vidas.

Portanto, é válido compartilhar algumas coisas que os dois apreciem, levando em conta o relacionamento. A partir disso, será possível aprimorar o diálogo e tornar cada momento mais especial a dois.

Fatores físicos e biológicos também precisam ser analisados e levados em consideração.

Muitos fatores associados à saúde também podem justificar quando a esposa perde o interesse pelo marido. E, um dos mais recorrentes se refere aos hormônios.

Em outras palavras, os hormônios femininos, como no caso do estrogênio, acabam tendo um papel relevante para essa questão.

Além disso, é importante levar em conta que as mulheres também produzem testosterona nos ovários e nas glândulas suprarrenais. Quando os níveis desses hormônios ficam em baixa, isso afeta a libido.

As mulheres precisam entender que não estão sozinhas! Os caminhos para obter apoio e respostas!

Primeiramente, quando a esposa perde o interesse pelo marido, é importante que ela saiba que não está sozinha. Aliás, não é uma tarefa simples indicar um tratamento que ajude a lidar com esse cenário.

Além disso, essa é uma condição muito mais comum do que a grande maioria imagina. Isso tanto é verdade, que há pesquisas que ajudam a compreender esse ponto.

Em 2018, uma pesquisa realizada pela Universidade de Chicago, nos EUA, revelou dados surpreendentes. O levantamento indicou que mais de 33% que foram entrevistadas eram acometidas pelo problema.

E, mais: mais de 21% das entrevistadas relataram dificuldades para manter a lubrificação.

Porém, felizmente, a comunidade cientifica está próxima de indicar soluções eficientes para ajudar na vida sexual das mulheres.

Como a terapia pode ajudar? Ela é mesmo uma alternativa importante?

Antes de qualquer coisa, quando a esposa perde o interesse pelo marido, pode ser um passo importante buscar ajuda profissional. Muitas pessoas resistem a essa possibilidade, porém, isso é um equivoco.

Quanto antes o casal buscar entender o que pode estar causando esse problema, melhor será para a relação. Diante disso, uma terapia sexual pode ser algo muito pertinente.

Como já mencionado anteriormente, essa questão pode ser relacionada a diversos fatores emocionais também. Por isso, é importante que se faça uma avaliação com total responsabilidade.

Por meio de uma terapia, é possível até mesmo saber quais os melhores caminhos a serem adotados. Inclusive, obter a recomendação de buscar por um médico para um diagnóstico preciso.

Terapia de Casal

Porém, se por ventura o cenário for associado justamente ao relacionamento em si, a terapia sexual poderá orientar potencialmente.

O mais importante é que, quando a esposa perde o interesse pelo marido é necessário investigar de fato a raiz do problema! Quanto mais rápido a mulher perceber que tem apoio, mais ela terá segurança nessa empreitada.

A terapia também poderá estabelecer um norte acerca de todos os pontos que foram evidenciados nesse conteúdo. Ou seja, será possível estabelecer uma rede de apoio relevante.

Conclusão para lidar com o problema! – há solução!

O mais importante de todo esse contexto é encontrar a solução ideal para cada caso. Nós somos únicos e compostos por muitas camadas, conflitos, interesses e anseios, não é mesmo?

Por isso, é importante entendermos quais são nossos limites, objetivos e dores! Além disso, a cumplicidade do casal permite que o tratamento seja mais eficiente e fácil de lidar.

E, novamente, a terapia pode ser uma maneira de amenizar todo esse processo. E isso não somente para a mulher, mas para os dois.

Em suma, quando a esposa perde o interesse pelo marido os motivos podem ser os mais variados. O mais fundamental é entender que existem soluções e alternativas para recuperar uma vida sexual plena e feliz!

by Débora Martins

Sou Débora Martins - Terapeuta Sexual com Formação em Sexologia Clínica e Practitioner em PNL., meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais, usando diversas técnicas para melhorar a qualidade de vida sexual de homens e mulheres.

Deixei seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Débora Martins

Débora Martins – Terapeuta Sexual com Formação em Sexologia Clínica, além de diversos cursos na área de Psicoterapia com o objetivo de proporcionar melhor qualidade de vida sexual para homens e mulheres, aqui no site tem à sua disponibilidade atendimentos online e/ou presencial com a melhor tecnologia em tratamentos das Disfunções Sexuais Masculinas e Femininas.

Cadastre-se!

Contatos
+55 18 98818-0025
+55 43 99181-3711
Endereço

Consultório 1

Av. W. Luiz, 1800. Jd. Paulista. Presidente Prudente - SP

Consultório 2

Consultório 2Av. Ayrton Senna da Silva, 500. Sala 2703. Gleba Palhano. Londrina - PR
Debora Martins

Terapeuta Sexual com Formação em Sexologia Clínica e Practitioner em PNL, meu foco é proporcionar o melhor tratamento em terapia sexual e proporcionar uma vida mais prazerosa para meus pacientes. Fique à vontade em meu site!

Cadastre-se!

Redes Sociais

Siga-me nas redes sociais e fique por dentro da agenda de cursos e palestras, assim como conteúdos exclusivos para a sua vida sexual.

Todos os direitos reservados a  Debora Martins.

Todos os direitos reservados a Debora Martins.