Pompoarismo – Saiba Tudo Sobre A Ginástica Íntima

//Pompoarismo – Saiba Tudo Sobre A Ginástica Íntima

Pompoarismo – Saiba Tudo Sobre A Ginástica Íntima

2018-07-08T20:32:28+00:00By |Pompoarismo|2 Comentários

O pompoarismo é uma ginástica íntima que conquistou muitas mulheres. Com certeza você já ouviu falar, mas que de repente não havia lido sobre o assunto ainda, por isso, aqui vou lhe explicar o que é, para que serve e quais os benefícios para a saúde da mulher.

O Que É o Pompoarismo?

O Pompoarismo é uma técnica milenar indiana que tem origem no tantrismo, são exercícios que passam de mãe para filha, e, as meninas aprendem desde os 8 anos de idade. Esses exercícios consistem na contração voluntária dos músculos pélvicos (pubococcígeos), conhecidos como MÚSCULOS PC.

O maior objetivo é fortalecer essa musculatura, com a finalidade de prolongar o prazer sexual do casal

Tal como acontece com os exercícios de Kegel, estes exercícios fortalecem os músculos do assoalho pélvico, prevenindo e combatendo a incontinência urinária ou fecal e também as hemorróidas. Esta técnica permite que seja possível massagear e pressionar o órgão sexual masculino com os músculos das vagina durante o contato íntimo, enquanto que no homem melhora a resistência e o desempenho sexual.

Se você procura ter e proporcionar mais prazer na cama, siga o passo a passo dessa técnica para que se torne uma mulher boa de cama.

Guia de Pompoarismo

Guia de pompoarismo

Benefícios do pompoarismo:

Alguns benefícios que o pompoarismo apresenta incluem:

  • Maior prazer sexual, as contrações feitas nos exercícios, aumentam a estimulação sexual;
  • Melhoria dos resultados sexuais, tanto nos homens como nas mulheres pois a técnica fortalece os músculos do assoalho pélvico;
  • No homem, aumenta a pressão sanguínea dentro do pênis, potencializando a ereção;
  • Autoconhecimento: ideal para as mulheres que nunca conseguiram chegar ao orgasmo, o passo a passo da ginástica íntima proporciona uma melhor percepção da musculatura;
  • Aumento da excitação sexual, os movimentos que tem o poder de estimular o clitóris, promove além o autoconhecimento, maior sensação erótica, assim, aumentando a excitação.
  • Aumento da lubrificação vaginal, com um fluxo sanguíneo maior na região, o exercício contribui para uma melhora na lubrificação, principalmente em mulheres que já entraram na menopausa.
  • A prática contribui para regular o intestino e os ciclos menstruais.
  • Rápido restabelecimento do tônus vaginal, após o parto, entre muitos outros benefícios para a saúde como um todo.
  • Na mulher, auxilia no tratamento e prevenção da incontinência urinária, melhora a função sexual e ajuda no tratamento e prevenção da continência fecal.
Vulva

Vulva

Preocupações e cuidados:

  • Tem contra indicação? A ginástica íntima, que chamamos de Pompoarismo, por ser natural, pode ser praticado por mulheres de todas as idades. Nas próximas páginas, vou responder as principais dúvidas das mulheres quanto à prática dos exercícios.
  • Médicos indicam o pompoarismo?  Sim! Muitos recomendam a prática para preparar o canal para partos mais fáceis, auxiliar na recuperação pós-parto, enfraquecimento muscular e vaginismo (incapacidade de relaxar que causa dores na hora da penetração). Durante a menopausa, também e indicado para combater o ressecamento vaginal.
  • Gravidas podem praticar? Grávidas nos três primeiros meses não é indicado praticar o Pompoarismo, já que pode provocar perigosas contrações uterinas. Mesmo depois dessa fase, é importante conversar com o obstetra. Quem sofre de endometriose, inflamações pélvicas, infecções sexualmente transmissíveis ou urinárias devem resolver o problema antes de começar a técnica.

Exercícios do pompoarismo:

Anéis Vaginais

Anéis Vaginais

  • Chupitar – Para quem olha os bebês, conseguem ver os movimentos que eles fazem para segurar a chupeta. É exatamente essa a lógica desses movimentos do pompoarismo. Contrair a musculatura para provocar um efeito de sucção no pênis do parceiro.
  • Ordenhar – A ideia é usar os três anéis vaginais nesses movimentos do pompoarismo. Contraindo um a um, em sequência, você vai causar um efeito de compressão no parceiro, que é extremamente estimulante, e funciona como uma verdadeira massagem, da base até a cabeça do pênis.
  • Sugar – A ideia desse movimento é, literalmente, sugar a cabeça do pênis para dentro do canal vaginal, usando apenas a força da musculatura.
  • Travar – Esse é um dos movimentos mais interessantes do Pompoarismo, pois ele impede que o parceiro tire o pênis da vagina, mesmo que ele queira, a mulher tem o poder de impedir.
  • É um movimento muito excitante na hora do sexo.
  • Expulsar – A ideia, aqui, é a contrária da anterior. Esse movimento não permite a estrada do pênis por completo na vagina. Aqui, o homem conseguir penetrar somente a grande. É basicamente a famosa frase: “Quem manda são elas”.
  • Estrangular – Esse movimento exerce uma pressão no pênis do parceiro, da glande à base, a fim de impedir a ejaculação. Ideal para as mulheres que tem parceiros que sofrem de ejaculação precoce.

Qual o Tempo Para Aprender Os Movimentos?

 

No primeiro dia de treino por mais que seja algo novo, as mulheres já conseguem ter uma melhor percepção quanto a sua musculatura, inclusive sendo capaz de movimentar áreas diferentes da sua vagina, ou subir e descer os instrumentos do pompoarismo.

Além disso, logo na primeira semana a lubrificação melhora muito, tanto para as mulheres que não tinham, quanto para as que lubrificavam demais, essa normalização acontece, pois os os constantes movimentos e treinamentos dessa região começam a colocar as glândulas responsáveis pela secreção para trabalhar, normalizando sua condução neural e ensinando-as a trabalharem novamente. Essas mesmas mulheres também já percebem, de imediato, um aumento na libido e passam a procurar mais o parceiro, ou, no caso de não terem um par, sentem melhora em seus impulsos por autocuidado e amor-próprio.

Na primeira quinzena do tratamento a vagina começa com um atrito maior, o prazer aumenta para o parceiro, já que a vagina começa a ficar mais “apertada”.

Em algum momento, que varia de mulher para mulher, passam a ter orgasmo.

Muitas mulheres que não conseguiam alcançar o orgasmo, acabam atingindo o clímax. E, as que já conseguiam, relatam uma melhora muito significativa.

Orgasmos Femininos

Orgasmos Femininos

  • Clitoriano – O clitóris tem mais de 8.000 terminações nervosas. Isso é duas vezes mais do que qualquer pênis! A ativação dessas terminações nervosas cria uma sensação de eletricidade indescritível. É daqueles tipos de orgasmos que viajam por todo o corpo.
  • Vaginal – Assim como é um dos mais conhecidos, é também um dos orgasmos mais difíceis de alcançar. Pois, às vezes, a simples penetração não causa estímulo no famoso ponto GPara conseguir este orgasmo é preciso muito empenho e concentração. Apesar de sua complexidade, recomendo não deixá-lo de lado já que pode ser extremamente satisfatório.
  • Orgasmo combinado – Dentre os tipos de orgasmos, esse nada mais é do que uma mistura entre os dois orgasmos, clitoriano e vaginal. Nesse momento, você está recebendo o melhor dos dois mundos. Para chegar lá, você precisa preparar seu corpo. Mais uma vez, é importante dar valor às preliminares através de beijos, toques e carícias.
  • Ponto G – O ponto G é uma pequena parte da vagina que fica acima do osso púbico, essa parte fica oculta e só aparece após a mulher receber estímulos no corpo inteiro e estar previamente excitada. Para alcançar o orgasmo no ponto G é preciso que o local seja bem estimulado.
  • Ponto U – A uretra (local por onde sai a urina) fica entre o clitóris e a entrada da vagina, por ser uma área supersensível gera muito prazer na hora do sexo. Este é o orgasmo conseguido através do estímulo da uretra.
  • Orgasmo mamário – Os seios é uma das partes do corpo feminino mais sensíveis ao toque, sendo muito importantes para aumentar a excitação da mulher. O orgasmo mamário é causado pela estimulação dos seios.

Melhores acessórios para a prática:

Curso de Pompoarismo

Curso de Pompoarismo

Eu fiz uma lista dos principais acessórios para o exercício do Pompoarismo. Escolha qual melhor te agrada a ginastica íntima, mas saiba que você também pode praticar os exercícios sem os acessórios.

  • Ben-Wa são as famosas bolinhas. É formado por duas esferas, com aproximadamente 05 cm de diâmetro cada, ligadas por um cordão flexível de silicone. Elas devem ser sugadas e expelidas da vagina.
  • Cones – Os cones se parecem com nossos absorventes internos. São vendidos em conjuntos de 05 unidades. Cada cor corresponde a pesos que variam de 20 até 70 gramas.
  • Vibrador – ele pode ser o seu melhor amigo, e, além dos momentos de prazer, durante a masturbação ou até mesmo na cama, com o seu parceiro, o vibrador ainda pode lhe ajudar a desenvolver as técnicas do pompoarismo com acessórios.
  • Bolinhas tailandesas  com cinco bolinhas, enfatiza a coordenação para os exercícios.
Utensílios

Utensílios

Os anéis vaginais

Para dar início as aulas e exercícios do curso, você precisa saber identificar os seus anéis vaginais, pois são eles que serão trabalhados durante a prática do pompoarismo.

Então, entender como os anéis funcionam e onde estão localizados é essencial para que a prática dê certo e você consiga ter o domínio da sua vagina e a sensação de que o pênis será massageado.

Como o sexo não é algo estático, aprender a identificar e movimentar os anéis vaginais é muito importante, principalmente, aprender a movimentá-los junto com o movimento do quadril. Assim, aumentando o prazer durante o ato sexual.

Abaixo, há uma figura que representa a parte interna da vagina. Nela, você conseguirá identificar os três anéis vaginais.

Exercícios Básicos

Através da imagem, é possível perceber que o primeiro anel fica bem próxima a entrada da vagina e o períneo.          Quando você aprende a movimentá-lo, você vai conseguir abrir e fechá-los.

O segundo anel vaginal está localizado na metade do canal vaginal e próximo ao clitóris. E no momento em que você mexe esse anel, o clitóris também é movimentado, mas de uma maneira bem sutil.

Já o terceiro e último anel vaginal fica bem próximo do colo do útero.

 

Faça parte da minha lista VIP, preenchendo os campos abaixo.

 

Sobre o Autor:

Débora Martins
Sou Débora Martins - Psicanalista CBO 2515-50, Terapeuta Sexual/Casal e Coaching, meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais, usando de técnicas do Pompoarismo, Hipnoterapia e Tratamentos da Ansiedade.

2 Comments

  1. Camila 8 de abril de 2018 em 19:23 - Responder

    Eu comecei a fazer os exercícios e amei, já sinto muita diferença. Estou seguindo todos os passos. Amei!

    • Débora Martins
      Débora Martins 9 de abril de 2018 em 08:14 - Responder

      Olá, Camila
      Que bom que gostou. Fico muito feliz.
      Em breve teremos o curso online.
      Abração.

Deixar Um Comentário