Ejaculação Precoce – Causas e Tratamentos

//Ejaculação Precoce – Causas e Tratamentos

Ejaculação Precoce – Causas e Tratamentos

Saiba o Que Fazer Para Acabar de Vez Com a Ejaculação Precoce. Saiba as Causas e os Tratamentos

Um dos problemas mais comuns, enfrentados pelos homens é a Ejaculação Precoce. Ela acontece por vários motivos que podem ser físicos ou psicológicos. Hoje, vou abordar sobre as principais causas e como acabar com esse problema que atinge milhares de homens, proporcionando assim uma vida sexual mais prazerosa e saudável.

A ejaculação precoce é um distúrbio sexual que consiste na dificuldade de controlar o gozo e liberação de esperma em, pelo menos, 50% das relações sexuais. Quem sofre com esse problema tem episódios recorrentes de ejaculação imediatamente após a penetração ou mesmo antes dela, com o mínimo de estímulo sexual.

Entendendo a Ejaculação Precoce

Ejaculação Precoce

A ejaculação precoce é quando o homem tem o orgasmo prematuro, e pode acontecer logo após a penetração ou até mesmo antes da relação sexual. No entanto só é preciso se preocupar se a ejaculação precoce acontecer com frequência, até porque episódios isolados são comuns, visto que a ansiedade e a tensão momentânea estão diretamente ligadas com a ejaculação precoce.

A Ejaculação Precoce ou Prematura (EP) é responsável por 40% das queixas aqui no consultório. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, estima-se que um em cada quatro brasileiros sofram do problema, que se caracteriza quando o homem não consegue controlar a ejaculação.

Para um tratamento eficaz é preciso saber quais são as possíveis causas da Ejaculação Precoce abaixo estão os mais comuns.

  • Ansiedade e stress
  • Quadros de depressão
  • Problemas emocionais ligados a relacionamentos passados
  • Efeitos colaterais de medicamentos (como psicotrópicos)
  • Aumento do nível de neutrotransmissores
  • Hipersensibilidade na zona peniana, principalmente na glande
  • Problemas da próstata
  • Doenças associadas (ex. Diabetes, hipertensão ou abuso álcool)
  • Problemas na Tireoide (Hipotiroidismo ou Hipertiroidismo)
  • Lesões na Coluna Vertebral
  • Uso/Abuso de Medicamentos.
  • Fatores genéticos
  • Danos no sistema nervoso
  • Distúrbios de atenção
  • Disfunção erétil

É  preciso dar uma atenção especial a ansiedade, que é um dos fatores mais comuns na causa da ejaculação, pois é um desequilíbrio emocional do homem, seja por decepção em um relacionamento anterior, cansaço ou  até mágoa da parceira. O maior problema é que os homens demoram para buscar ajuda, deixando o problema se agravar e em alguns casos chegar até ao final do relacionamento. O medo de fracassar  e de falhar, e, com isso colocar sua masculinidade à prova é um fator que agrava a situação.

Tipos da Ejaculação Precoce

O tema (como todos que envolvem a sexualidade) é bem amplo e por isso, existem diferentes classificações para a ejaculação precoce.

  • Ejaculação Primária: A ejaculação primária é o tipo mais comum, atrapalhando o desempenho durante toda a vida sexual do homem, sem que este tenha conseguido controlar o momento de ejacular em suas relações. Essa patologia médica é tão frequente que, segundo estudos recentes, um em cada três homens sexualmente, ejacula mais rápido do que gostaria.
  • Ejaculação Secundária: Por sua vez, a ejaculação secundária caracteriza-se pelo surgimento na vida do homem em determinado momento depois de várias relações bem sucedidas. Os dois tipos de ejaculação precoce devem ser tratados de forma séria, com o auxílio de um acompanhamento médico.
  • Situacional: No caso de só ocorrer em determinada situação, por exemplo, com uma parceira específica
  • Variável: ocasionalmente experimenta uma ejaculação precoce. Não é um problema, mas uma variação do tempo de ejaculação do homem
  • Ejaculação precoce subjetiva: onde existe um tempo de controle acima do limite de dois minutos, mas o paciente tem muita insatisfação com a duração do coito.

Ejaculação Precoce

Sintomas da Ejaculação Precoce

  • Dificuldade em controlar a ereção por menos de um minuto de penetração
  • Incapacidade de retardar a ereção ou realizar o coito interrompido
  • Ansiedade e agitação além do normal no momento da relação sexual
  • Frustração antes ou após o coito
  • Incapacidade de manter algumas posições sexuais por mais de alguns segundos sem ejacular
  • Baixa auto-estima e autoconfiança
  • Depressão, stress e ansiedade

Outros Tipos de Ejaculação Precoce

Anejaculação

A falta de ejaculação pode ocorrer devido a anormalidades na produção ou estocagem do sêmen, ou a condições que afetem o processo de expulsão. Causas psicológicas são comuns, mas, se um homem nunca ejaculou, deve-se suspeitar de uma causa orgânica. Anomalias congênitas, como ausência de vesículas seminais ou glândula prostática, podem ser responsáveis, apesar disto ser muito raro.

Ejaculação Retrógrada

Mais rara, é um tipo de ejaculação quando o sêmen viaja para trás na bexiga em vez de através da uretra. Os principais sintomas incluem: pouca ou nenhuma produção de sêmen, urina turva logo após ter relações sexuais. Homens com ejaculação retrógrada experimentam a sensação de um orgasmo e a condição não representa um perigo para a saúde, mas pode afetar a capacidade de engravidar a parceira.

Ejaculação Retardada

É uma disfunção sexual ainda pouco conhecida do grande público e pouco comentada. Porém, quando não é tratada, pode causar muitos transtornos.

Ao contrário da ejaculação precoce, aquele transtorno consiste na demora para que o homem chegue ao orgasmo. Em alguns casos, o ápice sexual nem mesmo chega a acontecer.

Alguns homens consideram essa dificuldade vergonhosa. Porém, ela não deve ser ignorada, já que pode ser sinal de problemas físicos e até mesmo psicológicos. Caso seja recorrente, esse problema merece ser bem investigado.

Fatores de Risco da Ejaculação Precoce

Em alguns momentos da vida ou condições biológicas aumentam as chances de ocorrência de uma ejaculação precoce. A maioria deles são de ordem emocional e psicológica:

  • Problemas para manter uma ereção
  • Medo de perder uma ereção
  • Inabilidade mental para lidar com relação sexuais
  • Incapacidade de concentração na parceira
  • Doenças cardíacas

A pressão social é algo que contribui em muito para a recorrência da ejaculação precoce, é um fator de risco incidente principalmente na adolescência. Quando o parceiro está pressionado a ter uma boa performance e fazer a relação sexual durar muito  torna-se mais estressado e mantém os músculos contraídos: o resultado é a ejaculação prematura.

Consequências da Ejaculação Precoce no Homem

Para quem sofre sempre com os sintomas da ejaculação precoce, consegue perceber a disfunção mesmo durante a masturbação. Isso pode provocar prejuízos sérios na qualidade de vida, ao arruinar a vida sexual e colocar a segurança e autoestima em relação ao potencial de masculinidade no chão. Não é a toa que o problema está sendo tratado por organizações como um caso de saúde pública.

Prevenção

A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Ela pode estar relacionada com a preocupação em satisfazer o outro durante o ato sexual e até mesmo com preocupações do dia a dia.

A tensão provoca a ansiedade, mas pode ser aliviada com atividades que relaxem o corpo e a mente. Exercícios físicos são uma ótima saída para descontrair a cabeça e manter o corpo ativo, além de liberar endorfina.

Tratamentos para Ejaculação Precoce

O tratamento pode ser feito de diversas formas. É sabido que se os homens devem ter o apoio de suas parceiras (os), pois o lado emocional relaxa e o homem consegue se concentrar mais. Além disso, é possível que os homens trabalhem outras técnicas que não sejam a penetração, como o sexo oral.

Para saber qual tratamento mais indicado, o ideal é agendar uma sessão para avaliar se o problema é emocional, caso seja, é preciso um acompanhamento, com foco na solução do problema, fazendo que o homem “dure mais”. Para muitos homens, tratar a EP parece ser difícil, mas com terapia e acompanhamento e empenho do paciente, é possível obter excelente resultado e transformar a vida sexual.

Como Tratar a Ejaculação Precoce

Existem algumas alternativas que você pode fazer e que proporcionam bons resultados, são eles:

  • Técnica de compressão, onde o  homem deve comprimir a base da cabeça do pênis por 4 a 5 segundos imediatamente após a primeira sensação de maior excitação. Fazendo esse movimento, dificulta a entrada de sangue no pênis e retarda um pouco a ejaculação.
  • Técnica stop-start, onde o homem é orientado a ficar na posição superior à parceira para poder ter controle do movimento sexual. Deve iniciar a penetração e parar completamente os movimentos, quando estiver próximo ao momento de maior excitação.
  • Exercício de pompoarismo, que são feitos para fortalecer os músculos da região pélvica. O músculo pubocoxígeno é aquele músculo situado no períneo (região entre o órgão genital e o ânus) que entra em ação quando interrompemos o fluxo da urina. Contrações musculares da região pélvica, conhecidos como exercícios de Kegel, podem ser exercícios muito úteis para evitar a ejaculação precoce. Fortalecer os músculos desta parte do corpo ajudam o homem a ter um controle maior sobre o momento do orgasmo.O assoalho pélvico é uma região próxima à base do pênis e que vai até o cóccix. Durante a ejaculação, essa musculatura é ativada e causa o fluxo sanguíneo que leva à ereção.
  • Massagem tântrica. Essa é uma técnica de massagem para regiões erógenas que estão ligadas com o sistema nervoso. Inicialmente, a massagista faz movimentos leves no pênis e nas outras regiões erógenas do paciente, que gradualmente consegue relaxar e aprende a controlar a ejaculação.

Como Controlar a Ejaculação Precoce

Usar preservativo

Parece simples demais para ser verdade, mas ele funciona para vários homens. Preservativos ajuda a reduzir a estimulação para a maioria dos homens, o que deve prolongar o tempo antes da ejaculação.

Alguns preservativos são revestidas com um gel anestesiante leve no interior. Isso pode ajudá-lo a adiar a ejaculação por mais tempo, sem causar dormência ao seu parceiro. Apenas certifique-se que você sabe qual é o lado onde quando você colocá-lo.

Mude a posição durante a relação sexual

Caso geralmente fique por cima, mude de lugar com a parceira, permitindo que ela saia mais facilmente se o homem estiver prestes a ejacular. Penetre-a novamente assim que a vontade de ejacular passar.

Comunique

Explique os seus receios à sua parceira. Comunicar a sua ansiedade é também positivo, quer seja com a sua parceira, com amigos ou com um terapeuta. Falar sobre os seus problemas trará-lhe-á uma sensação de alívio e ajudará a lidar mais facilmente com a ansiedade associada ao sexo.

Medicamentos Para Ejaculação Precoce

Existem algumas opções, como cremes anestésicos ou camisinhas com produtos que diminuem a sensibilidade do pênis. Em alguns caso antidepressivos como Sertralina, Dapoxetina, Fluoxetina ou Paroxetina ajudam no tratamento da ejaculação precoce. Porém eles devem ser receitados por um médico especializado.

Nunca se automedique, pois o uso inapropriado de um medicamento pode trazer efeitos colaterais e piorar o quadro.

Recomendações

* Não se acanhe se tiver ejaculação precoce e procure a ajuda de um especialista para resolver o problema. A terapia sexual costuma dar bons resultados;

* Esteja aberto para o tratamento psicoterápico. Além de ajudar a resolver a causa do problema, ele envolve a participação da companheira, o que repercute na melhora do relacionamento;

* Saiba que o orgasmo simultâneo é raro. O que importa, realmente, é que os parceiros se satisfaçam com a relação sexual, cada um a sua maneira e no seu tempo;

* Considere a conveniência do uso prolongado dos antidepressivos, pois o problema costuma voltar, quando o tratamento é suspenso.

É fundamental procurar ajuda, afinal o problema de ejaculação precoce não é difícil de resolver, é preciso estar disposto a buscar ajuda e deixar a vergonha de lado (um dos fatores que mais influenciam na hora de buscar ajuda).

Terapias online é uma ótima opção de tratamento, já que não há contato tão próximo com a terapeuta. Saber controlar a ansiedade com certeza trará grandes resultados para seu desempenho sexual.

Sobre o Autor:

Débora Martins
Sou Débora Martins - Psicanalista CBO 2515-50, Terapeuta Sexual/Casal e Coaching, meu trabalho é desenvolvido com foco em tratamentos breves que visam transformação de relacionamentos assim como tratamentos de disfunções sexuais, usando de técnicas do Pompoarismo, Hipnoterapia e Tratamentos da Ansiedade.

8 Comments

  1. Rondinelly M. Honorato 11 de julho de 2018 em 23:38 - Responder

    Esta e a minha 1a tentativa em buscar saber mais sobre EP, e essa disponibilidade on line é bem interessante! Como posso me informar melhor??

  2. Camilo Soares 22 de abril de 2018 em 15:37 - Responder

    Fiz apenas algumas sessões online e me surpreendi. Sou casado há 5 anos e sempre tive ejaculaçõe precoce. Depois de me tratar com a Débora minha vida sexual mudou.
    Com exercícios simples e objetivos eu consegui me curar. Minha esposa que agradece. Só tenho que agradecer pela ajuda. Indico demais.

    • Débora Martins
      Débora Martins 23 de abril de 2018 em 11:16 - Responder

      Olá, Camilo
      Fico muito feliz com o resultado do tratamento.
      Um grande abraço

  3. José Antonio 9 de abril de 2018 em 22:42 - Responder

    Vim aqui deixar meu agradecimento. Nunca pensei que pudesse tratar a ejaculação, principalmente online. Já tentei vários tratamentos, mas nenhum deram certo, até que pesquisando na internet achei o site da Débora. Resolvi tentar mais uma vez, e confesso que fui surpreendido pela maneira de ela tratar. Na primeira semana já tive resultado, depois só foi melhora, meu namoro que estava se acabando foi resgatado. Minha vida sexual foi transformada. Só tenho a agradecer e deixar aqui meu testemunho de que o tratamento online dá certo. Abçs

  4. Carlos 8 de abril de 2018 em 17:59 - Responder

    Quero saber como funciona pra eu tratar.

    • Débora Martins
      Débora Martins 9 de abril de 2018 em 08:19 - Responder

      Olá, Carlos.
      Tudo bem?
      Enviei um e-mail com todos os detalhes sobre o tratamento.
      Abração!

Deixar Um Comentário